Porque é tão importante dormir bem na infância?

O sono existe para que o cérebro possa descansar, sonhar, fornecendo às crianças, energia para aprender, brincar e serem felizes. Se elas não dormem bem, o seu comportamento é essencialmente inquieto, têm dificuldade para aprender e podem até ficar irritadas, porque o cérebro está cansado. Enquanto as crianças dormem, o seu cérebro trabalha muito, desempenha funções importantes que enquanto acordadas, não estão activas. O cérebro enquanto dorme interfere no crescimento, fortalece o corpo e permite-lhe que seja mais saudável. Quando se diz que “dormir faz crescer”, não passa de uma afirmação popular, é mesmo verdade que enquanto se dorme são segregadas hormonas, como a do crescimento.
Um bom sono é vital para a saúde da criança, pois participa na defesa contra agentes patogénicos, tendo um grande impacto no fortalecimento do sistema imunitário. O cérebro enquanto dorme descansa para que durante o dia esteja preparado para solucionar problemas, memorizar, brincar e aprender. Além disso, o sono permite que a criança esteja mais tranquila, menos irritada e que conviva melhor com os outros.
A par das novas exigências da sociedade, existem cada vez mais crianças com hábitos de sono inadequados, dos quais se podem mencionar a dificuldade em adormecer e/ou os despertares nocturnos frequentes que conduzem à exaustão dos pais e até a um ambiente de tensão e irritabilidade no seio da família.
Sabemos hoje que os problemas de sono na infância dependem muito do comportamento de cada um de nós, por isso, considera-se a higiene do sono (bons hábitos) como determinante para solucionar muitos dos problemas de sono que não têm causa fisiológica.
Tendo em conta o quanto é importante para as crianças dormirem bem, não deixe para amanhã aquilo que pode começar a cuidar hoje, pois ao contrário do que se costuma dizer, nem tudo melhora com o tempo e se é possível ajudar o seu filho a dormir melhor a partir de hoje, deve procurar ajuda.
Psicóloga Teresa Sousa, Especialista em Ritmos de Sono