O que devo fazer enquanto mãe para promover uma boa vinculação com o meu filho?

O mais importante para uma boa vinculação será sobretudo a sua disponibilidade, proximidade e afetividade para com o seu bebé, ainda enquanto está na sua barriga, sobretudo a partir do segundo trimestre.
Esteja atenta ao seu bebé, através dos movimentos fetais, mostrando-lhe o seu afeto por meio de conversas e carícias à sua barriga.
Para promover esta ligação recomenda-se:
  • Falar, sussurrar e até mesmo cantar para o bebé para ele se acostumar à sua voz e para promover um estado de relaxamento e tranquilidade no feto.
  • Tocar a barriga para sentir o movimento fetal e dar massagens e carícias suaves para interagir com o bebé.
  • Ouvir o seu coração através das ecografias na consulta para sentir-se mais próxima do bebé.
No entanto, é também normal e frequente que os sentimentos de vinculação profunda comecem sobretudo após o nascimento. Aliás, os vínculos familiares constroem-se todos os dias!
Existem algumas estratégias que podem favorecer este processo desde o primeiro momento da chegada do bebé a casa:
  • Estar à sua disposição. Papás e mamãs devem prestar atenção às necessidades e solicitações do seu bebé, não só nos seus cuidados como no tempo de brincadeira e lazer.
  • Estar próximo. Quando um bebé percebe a presença das pessoas que o cuidam sente segurança e proteção, por isso devem evitar-se as separações longas, sobretudo nos primeiros meses de vida.
  • Falar-lhe. O bebé reconhece as vozes familiares e é capaz de perceber os sentimentos e emoções que transmitem as palavras. É importante falar-lhe, cantar-lhe e fazer-lhe perguntas e sugestões.
Devem pautar as demonstrações de carinho: o bebé necessita de doses diárias de carinho, beijos, carícias e palavras de afeto para um desenvolvimento ótimo e saudável, e as rotinas como a alimentação, o banho ou o sono são situações adequadas para fortalecer a relação.
Veja mais aqui: http://www.janela-aberta-familia.org/pt/content/vinculacao-como-fazer-co...