Obesidade pediátrica



Para saber se você ou o seu filho é obeso deverá determinar o índice de massa corporal (IMC) que é basicamente o quociente entre o peso (em Kg) e o quadrado da altura (em m2). No entanto, o melhor e mais fácil será consultar a nossa calculadora que lhe dará o resultado ajustado para o sexo e a idade.
Se constatar a existência de excesso de peso, seja de si ou do seu filho, deve mudar o seu estilo de vida, nomeadamente começar a praticar alguma actividade física e diminuir a ingestão calórica na alimentação.
É importante que seja você mesmo a alterar o seu estilo de vida, dando o exemplo ao seu filho, porque as crianças aprendem melhor com os nossos exemplos que com as nossas explicações:
  • Planeie e faça as refeições em família, num ambiente de convívio.
  • Organize a vida de forma a poder brincar com ele a seguir ao jantar. Faz-lhe bem a si, que não fica passivamente no sofá a ver televisão, e também ao seu filho.
  • Integre na sua vida diária uma maior actividade física: subir as escadas em vez de utilizar o elevador, andar a pé em vez de utilizar o carro, etc.
  •  Ocupe os tempos livres da família com actividade física (andar a pé, correr, jogar à bola, andar de bicicleta, saltar à corda, nadar, dançar, patinar, andar de trotinete, etc.)
  • Limite a televisão e os videojogos a 1-2 horas por dia (se a criança tiver tendência para a obesidade deverá dedicar apenas 1 hora).
  • Elabore lista de compras com alimentos saudáveis:
    • legumes e frutas da época,
    • azeite em detrimento de outros óleos e gorduras,
    • as leguminosas de preferência, em vez da carne,
    •  limitar todos os alimentos ricos em sal e açúcar.
    •  beber muita água e evitar substituí-la por sumos e refrigerantes, porque estes, para além de diminuírem a fixação do cálcio nos ossos, provocam cáries e obesidade, devido ao alto teor em açúcares.
  • Leia os rótulos das embalagens e escolha os alimentos menos calóricos.
  • Prepare refeições pobres em gordura, preferindo cozidos, estufados e grelhados.
 
Finalmente, se o seu filho é obeso, e todos estes conselhos não chegam, onde ir buscar ajuda?
Fale com o seu médico de família: no Algarve, a consulta de Nutrição da Administração Regional da Saúde pode ser uma referência, estando em curso um programa de combate à obesidade.
Mais informação no website da Plataforma Contra a Obesidade.