A Dentição do Bebé



Quando aparecem os primeiros dentes?

Não existe uma idade certa para o aparecimento do primeiro dente. Muitos bebés nascem já com um dente, outros chegam ao primeiro ano de idade sem nenhum. Estas variações são perfeitamente normais e devem-se a fatores hereditários. Regra geral, os primeiros dentes a romper são os incisivos do maxilar inferior.
 

Etapas da dentição:
A primeira dentição (dentes de leite) deve estar completa até aos 3 anos e é composta por 20 dentes.

Primeiros sintomas:
Algumas semanas antes do aparecimento dos dentes o bebé pode começar a salivar e a babar-se mais do que o habitual, a meter as mãos na boca, a querer morder objetos duros, a irritar-se com facilidade, ficando com as gengivas vermelhas e inchadas onde os dentes estão prestes a romper. Alguns bebés podem dormir e comer mal.
 

Dicas para aliviar as dores:
• Distrair o bebé com música, novos brinquedos ou passear.
• Usar chupeta em alguns casos também pode dar algum conforto.
• Usar anéis de dentição específicos refrigerados para morder e massajar as gengivas.
• Colocar gel anestésico na gengiva do bebé apenas em casos de grande desconforto.
• Administrar paracetamol em último recurso e após aconselhamento com o seu médico.
• Não dar ervas medicinais ou outro tipo de tratamento homeopático sem o conhecimento do seu médico.
 


Cuide desde cedo dos dentes do seu bebé:
Após a erupção do primeiro dente deve começar a limpá-lo com uma compressa, uma dedeira ou uma escova macia. Esfregue suavemente as gengivas pelo menos duas vezes por dia, para eliminar a placa bacteriana e os ácidos que podem estragar os dentes, devendo uma delas ser, obrigatoriamente, após a última refeição. Pode utilizar um dentífrico fluoretado com 1000-1500 ppm (mg/l) de fluoreto, sendo a quantidade a usar idêntica ao tamanho da unha do 5º dedo da mão da própria criança (Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, Direcção-Geral de Saúde, 2005).

Fonte: 
Susana Moleiro
(pediatra no Hospital de Faro)
2012